sexta-feira, 12 de abril de 2013

Teoria sociocognitiva de Bandura


  


  Segundo o psicólogo, Albert Bandura  a aprendizagem nem sempre requer reforço direto, ela  também pode ocorrer meramente como resultado de observar alguém realizando alguma ação. A aprendizagem desse tipo, denominada aprendizagem observacional ou modelação, está envolvida em uma ampla variedade de comportamentos. As crianças aprendem a bater assistindo a outras pessoas na vida real e na televisão. Elas aprendem a ser generosas, observando outros doarem dinheiro ou compartilharem bens. Bandura também chama a atenção para uma outra classe de reforço denominada reforços intrínsecos. Estes são reforços internos, tais como o orgulho que uma criança sente quando descobre como desenhar uma estrela ou o senso de satisfação que você pode experimentar após um exercício vigoroso.
    Finalmente, e talvez mais importante, Bandura contribuiu muito para a transposição da brecha entre teoria da aprendizagem e teoria cognitivo-desenvolvimental ao enfatizar elementos cognitivos (mentais) importantes na aprendizagem observacional. De fato, ele agora chama sua teoria de “teoria sociocognitiva” em vez de “teoria da aprendizagem social”, como foi originalmente rotulada. Por exemplo, Bandura agora enfatiza o fato de que a modelação pode ser o veículo para aprender informação abstrata e habilidades concretas. Na modelação abstrata, o observador deduz uma regra que pode ser a base do comportamento do modelo, então aprende a regra e o comportamento específico. Uma criança que vê seus pais sendo voluntários um dia por mês em um banco de alimentos pode deduzir uma regra sobre a importância de “ajudar os outros”, mesmo se os pais nunca realmente articularem essa regra. Portanto, através da modelação, uma criança pode adquirir atitudes, valores, formas de resolver problemas, até padrões de autoavaliação.

Fonte: BEE, Helen. BOYD, Denise. A criança em desenvolvimento. Porto Alegre: Artmed, 2011.

Um comentário:

  1. Artigo muito bom, explica de forma simples o que eu ainda não havia entendido.
    obrigada.

    ResponderExcluir