terça-feira, 2 de abril de 2013

AUTISTAS – formas diferentes de amar



     Talvez uma das grandes motivações que existe na vida é a contemplação do diferente. É o desafio constante do entender o outro e com isso ressignificar nossos valores, nossas crenças, nosso conhecimento.
    Existem situações que não são nada fáceis; é preciso discernimento, cautela, um olhar diferenciado. Entretanto, existem situações em que pensamos que já sabemos tudo, mas a convivência nos mostra que não sabemos nada.
    E um belo exemplo disso: Autistas... Cada um tem seu jeito diferente, cada um é único, aliás, todo ser humano é único...
    Há um tempinho atrás, precisei buscar conhecimentos sobre autismo e encontrei muitas receitas prontas. Eram praticamente um manual explicando sobre o que fazem, o que não fazem, que diante tal situação apresentariam tal comportamento...
     Lógico, tudo tem fundamento, tudo é fruto de muito estudo, mas na prática, no dia a dia, tudo era muito bonito no papel...
    Em nenhum receituário técnico você vai encontrar escrito: ABRA SEU CORAÇÃO E DEIXE QUE ELE IRÁ TE MOSTRAR POR ONDE DEVERÁS ANDAR...
    Somente aqueles que têm a oportunidade de entrar no mundo deles é que vão perceber o quanto é gratificante, o quanto te desafiam, mas o quanto são capazes de amar...
   Contudo, ressalto que: NUNCA subestimem a capacidade deles, JAMAIS os percebam com olhares de “coitadinhos”, eles são muito superiores a isso, portanto é preciso trabalhar LIMITES, pois existem comorbidades que pertencem ao autismo, mas também existem aquelas que eles vão adquirindo, justamente por perceber que não estamos cumprindo o nosso papel.

    Para maior compreensão do Autismo indico o vídeo a seguir que traz excelentes informações sobre o assunto, e para quem quiser saber mais sobre o autor da palestra, basta acessar este link Blog do TVC:

Nenhum comentário:

Postar um comentário